Como fazer investimentos da forma correta

Tempo de leitura: 5 minutos

Muitas pessoas procuram fazer investimentos. A intenção de realizar esse tipo de atitude é fazer com que o dinheiro não fique parado, e sim traga retornos econômicos. Porém ao não saber trabalhar com esse tipo de serviço, algumas pessoas acabam perdendo muito dinheiro,

e em alguns casos, mesmo sendo raros, existem pessoas que chegam a perder até mesmo o próprio valor do investimento total, ficando sem nada simplesmente pelo fato de não saber como e onde investir.

Antes que você comprometa sua vida econômica dessa forma, vamos tocar em alguns assuntos para preparar você para esse tipo de tendência, fazendo uma pausa para dar uma atenção principal nesse assunto.

Quando uma pessoa se interessa por como fazer investimento da forma correta, ela precisa estudar o mercado, e aprender quais são os tipos de riscos que ela pode correr, além de analisar qual corretora, ou estabelecimento pode proporcionar melhores condições.

Nos últimos anos, a taxa de rendimento bancário decaiu muitíssimo, fazendo com que já não seja mais viável criar investimentos bancários e nem mesmo optar pela compra de seus títulos de capitalizações, por isso, muitas vezes é necessário um bom conhecimento na área para evitar perdas consideráveis.

Nessa última sexta-feira, presenciei uma cena muito difícil de engolir, porém pelo fato de estar tudo documentado tive que aceitar sem interferir ou dizer uma só palavra…

Uma familiar idosa (minha mãe) se dirigiu ao banco a mais ou menos um ano atrás, para depositar uma quantia de dinheiro que era referente a uma herança (do pai dela). Logo, na mesma boca do caixa, ela foi convidada a fazer um investimento com aquele dinheiro para que seu rendimento pudesse trazer benefícios posteriores.

A caixa informou à ela que deveria comprar um título de capitalização, chamado “Pic”, do Banco Itaú, e logo disse também que a partir do primeiro ano ela já poderia resgatar o dinheiro, que seria devolvido com juros e correção. O valor de serviço iniciado em R$ 70 (setenta reais) e logo foi aumentando consecutivamente de valor, até alcançar o montante de R$ 78 (setenta e oito reais).

Depois do período de um pouco mais de um ano, que se completou na semana passada, a minha mãe ficou sem dinheiro na conta, justamente pelo fato de mensalmente ser cobrado aquela quantia de dinheiro. Ao dirigir-se ao caixa, realizou um resgate de seu investimento, porém não recebeu nem mesmo a metade do valor que havia investido.

O valor do investimento foi descontado em praticamente 40%, por que o título de capitalização estava feito de 4 anos e não de um ano, (como a caixa havia dito), fazendo com que ela acabasse perdendo uma grande parte de sua herança, justamente pelo fato da profissional agir com má Fé.

Esse tipo de atitude é muito comum em pessoas da terceira idade, pelo fato de não entenderem como funciona os títulos previdenciários e nem mesmo os de capitalização, fazendo com que muita gente seja enganada.

Não é indicado que os clientes realizem nenhum tipo de investimento nessa magnitude, primeiramente porque o risco de perda é muito alto, e também porque a margem de lucro é muito baixa, fazendo com que a pessoa perca dinheiro e não receba de volta nem mesmo o valor que investiu e quem dirá então os juros.

Justamente por isso, um dos planos mais interessantes de se realizar investimentos é sem dúvida nenhuma, conhecida como o tesouro direto, pois se trata de uma plataforma séria de investimento que faz com que a pessoa consiga escolher o tipo de plano que ela deseja investir, fazendo com que ela não seja pega de surpresa como no caso do exemplo acima.

A taxa de lucro através do tesouro direto é consideravelmente maior do que a taxa bancária, permitindo que a pessoa consiga obter grande resultado dentro de pouco tempo.

Mas o melhor de tudo isso é o suporte que eles fornecem para seus usuários, com todas as informações necessárias, que ajuda a pessoa a escolher de fato, qual é o melhor plano de investimento que ela deve aderir.

Se no caso do exemplo acima, minha mãe tivesse realizado um investimento no tesouro direto, com certeza ela não teria perdido tanto dinheiro.

Antes de realizar qualquer tipo de investimento, você precisa conhecer quais são os tópicos do contrato. A partir do momento que o tópico exigir, por qualquer que seja o motivo, descontar do valor investido, deve ser evitado.

Além de a pessoa realizar um investimento, alguns estabelecimentos ainda querem que ela perca o que ela investiu?

Ou seja, na verdade não existe investimento, e sim um suicídio econômico. Por isso é importante verificar as taxas, consultar um contador e até mesmo um advogado, quando você perceber que foi enganado, somente assim você terá a segurança necessária. Procure também conhecer experiências de pessoas que investiram, assim como também seus resultados.

Lembre-se Títulos de capitalização não é considerado investimento, e não permita que isso venha a prejudicar sua situação econômica.

O que você está esperando para deixar de ser enganado e começar a Investir dinheiro em uma plataforma que te valoriza como cliente?

Agora só depende de você.

Gostou do nosso artigo? Se gostou por favor clica em alguma das redes sociais abaixo ou acima e compartilha esse artigo, isso nos ajudaria muito espero sua ajuda 🙂

Compartilha agora para não esquecer 🙂

Espero que tenham gostado, até a próxima.

Não deixe de Ler nosso Artigo anterior: 5 dicas de como economizar no material escolar

Nem nosso Próximo Artigo: Como criar uma renda Passiva

Avaliações
Data
Comentário
Muito bom o artigo, recomendo a leitura!
Nota
5

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *